terça-feira, 26 de junho de 2012

A CURA DO VALE DE SAL



" A CURA DO VALE DE SAL " - Ezequiel 47.1-12

As vezes fico surpreendido com a forma como Deus nos faz analisar textos bíblicos bem conhecidos por uma ótica diferente . Geralmente esse texto de Ezequiel é apresentado no sentido de que devemos desejar as águas profundas de Deus , que devemos ir além e não nos contentarmos com a superficialidade . E claro que isso realmente é algo que devemos fazer e o texto nos apresenta essa ideia de forma clara . Deus está propondo para seu povo um volume muito maior de águas a ponto de não poderem passarem a pé , ele quer que experimentemos as águas profundas . Outra verdade que esse texto nos apresenta é no sentido de que essas águas são purificadoras , e que por onde elas passam tudo em volta é curado , passa a ter vida e é restaurado . Mas duas coisas me chamaram a atenção em especial , o fato das águas fluírem das portas do templo e irem em direção ao mar morto . O templo me chamou a atenção porque biblicamente é algo que nos representa , então passei a pensar  que Deus está interessado não em nos mergulhar nessas águas , mas em fazer com que elas fluam de dentro de nós . O outro fato é que elas vão em direção ao Mar Morto , quem conhece um pouco de geografia sabe que o Mar Morto é conhecido pela sua alta concentração de sal , o que faz com que não possua quase nenhum tipo de vida , apenas algumas bactérias e poucos tipos de algas sobrevivem ali , nenhum peixe ou animal marinho sobrevive em suas águas . Dai fiquei pensando que o Mar Morto possui em grande quantidade algo que biblicamente também nos representa , o sal . Dai uma coisa me veio a mente , o templo nos representa porque a bíblia nos apresenta como templo do Espírito Santo , e o sal nos representa porque a bíblia nos apresenta como o sal da terra , aqueles que temperam a terra , que levam o sabor de Deus . Interessante demais isso , a cura de Deus flui de nós , sua águas passam por nossas vidas e fluem em direção ao nosso maior erro , o erro da aglomeração , sal não é para ser aglomerado ou estocado , é para ser espalhado . Hoje a maioria dos cristãos segue a regra dos templos lotados , das grandes aglomerações e tudo que acumulam é sal em excesso e isso tem matado a vida em sua volta . A missão da igreja é espalhar a boa nova , seguir a grande comissão de Jesus de sanear essa terra . Nós não podemos mais ser um mar morto , temos que receber as águas de Deus para que sejamos curados e saiamos da inércia , estamos aglomerando o sal , isso não só dentro de templos , mas também quando não saímos do lugar , quando não levamos adiante o nossa missão de salgar essa terra , sal em grande quantidade é prejudicial , mas na dosagem certa tempera e dá sabor . Nós somos representantes de Cristo nessa terra de forma equilibrada e bem dosada , isso equilibra a vida , frutifica e cura o mundo . Que venham as águas de Deus , para que não sejamos mais um vale de sal , mas o sal da terra . amém !!

2 comentários:

  1. Ė uma grande verdade. A igreja hoje está como o mar morto, retendo para sí o que pode fazer diferença é mudar o mundo:a graça maravilhosa e salvadora de Deus . Glória a Deus por esta palavra.

    ResponderExcluir
  2. Meu querido paz e graca seja contigo, concordo plenamente com vcs, o IDE e pregai o evangelho nao e um pedido s sim uma ordem, e as pessoa tem estado prostradas, resultado em lugares a sal de mais e em outros falta, jovens estao a cada dia mais se entregando as imundicias deste mundo cada vez mais cedo, mas se nos acordamos e levarmos o sal e a luz deste mundo poderemos alcançar vidas e transformar mais pessoa Para a glória de Deus ,que a benção a graca e a paz seja com todos, amem, atenciosamente evangelista marco tulio

    ResponderExcluir